Início » Fase 2 do Programa Empresa Fácil será lançada amanhã em Caxias

Fase 2 do Programa Empresa Fácil será lançada amanhã em Caxias

Acontece no próximo dia 19 de julho, em Caxias, o lançamento da Fase 2 do Programa Empresa Fácil. Implantado pela Secretaria de Estado de Indústria e Comércio (Seinc), por meio da Junta Comercial do Maranhão (Jucema), e em parceria com o Sebrae-MA, o programa tem como objetivo avançar na desburocratização e na melhoria do ambiente de negócios no Estado. O evento acontece às 15h, no auditório da CDL.

Além de Caxias, a ação contará com a presença de gestores de órgãos envolvidos com o registro e licenciamento de empresas dos municípios de Timon, Codó, Coelho Neto e Coroatá, bem como representantes do Sebrae Maranhão e da Jucema, entre eles o presidente Sérgio Sombra. Caxias é a terceira cidade a receber a ação, que já aconteceu em São Luís e Imperatriz, envolvendo municípios da Grande Ilha e da Região Tocantina, respectivamente.

A Fase 2 do Empresa Fácil é a continuidade do processo melhorias na abertura de empresas, possibilitando que o programa, já implantado no estado desde 2015, agregue novos serviços como automatização da consulta prévia, emissão eletrônica de alvarás de funcionamento e outros licenciamentos necessários para legalizar os negócios.

“O estado consolidou muitos avanços com a primeira fase do Empresa Fácil que permitiu que os órgãos de registro, no caso Jucema, Receita Federal e Sefaz, fossem integrados à plataforma. Hoje temos uma das juntas comerciais mais rápidas do país, dobramos o número de empresas ativas e garantimos um ambiente de negócios bem mais atrativo que há sete anos”, explicou o presidente da Jucema, Sérgio Sombra.

O Sebrae vem atuando em parceria com a Junta Comercial do Maranhão desde a primeira fase do programa, no apoio à implantação do sistema integrador junto aos órgãos estaduais de licenciamento e os municípios conveniados.

“Entendemos que parcerias são fundamentais para que se tenha um ambiente legal favorável aos pequenos negócios de nosso estado e por isso temos investido nelas, a exemplo desta firmada com a Jucema e ainda o Programa Cidade Empreendedora, por meio da SEINC, que também trabalha a desburocratização de processos empresariais. E com isso todos ganham: o estado, os municípios, o empreendedor, mas, o maior benefício sempre é para a economia local, que impacta positivamente toda a sociedade”, afirma o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, Albertino Leal.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sebrae Maranhão

Voltar ao topo